sábado, 29 de outubro de 2011

Novas amadoras

Realmente a questão da criatividade é algo significativo hoje em dia. Com o acesso mais democrático a novas tecnologias, o pessoal que faz vinhetas, seja para vender um trabalho, seja por pura diversão, está realmente "arrebentando".

Por ora, duas da mesma agência, a SP Zoom:





A primeira, uma reprodução bastante fiel da vinheta dos telejornais da BBC News. A segunda, a conhecidíssima abertura do nosso Jornal Nacional, com reprodução do globo terrestre, mesa, fundo e tudo o mais. Dá a real impressão de que a pessoa vê tudo como se estivesse na grua de filmagem.

Parabéns aos idealizadores e executores dessas vinhetas. Eles mostram que qualidade também existe fora da "telinha".

______________________

CLEBER OLYMPIO é paulistano, advogado pela PUC/Campinas, locutor noticiarista pelo SENAC/SP e aprecia vinhetas de telejornais desde os 11 anos de idade. É o criador da comunidade "Vinhetas de Telejornais" no orkut. Siga-me no Twitter

sábado, 8 de outubro de 2011

Impressões sobre o novo SPTV

A Rede Globo já demonstrou que gosta de inovar, de fazer pesquisas com seu público-alvo para saber que fórmulas de programação podem ter resultado em números de audiência. Essas transformações já têm longa data, especialmente quando a emissora decidiu renovar e modernizar seus telejornais locais. E com essas mudanças, altera-se a roupagem do telejornal.

Há questão de algumas semanas um novo formato foi testado. Houve uma troca entre praças: o "glass studio", tendência de mais de década em telejornais estadunidenses como o NBC Today, foi finalmente incorporado ao padrão do Rio de Janeiro; a praça carioca, por sua vez, testou o formato mais informal, conversado, com diversos especialistas, e isso foi aproveitado na nova edição do SPTV. A praça paulista, agora, traz nova programação visual, que pode ser o novo padrão dos telejornais locais da Globo.

O logotipo foi redesenhado: não possui mais uma aparência de cubo, mas sim um espaço maior para a sigla da unidade de federação - ou para nomes esquisitos, como "Paraná" ou "Diário" por extenso, que fogem ao padrão de siglas. As cores também mudaram: sai o azul, entra o verde-água. A sigla "SP" se replica várias vezes ao fundo da tela sobre o qual é projetado, todas elas paralelas aos tracejados de "arquivo" que formam o "TV" do logo. Agora, esse não é o grande destaque da vinheta: a concepção visual merece boas referências.

Na tentativa de padronizar a vinheta dos telejornais locais, a Globo seguiu uma tendência desde 1983 até 1996: a "seleção" de um estado, dentre várias opções. Logo após, por um breve espaço de tempo, as "luzes da cidade" projetavam a sigla do estado na tela. De 1998 a 1999 a seleção de sigla retornou, até que veio a sensacional vinheta de 1999 a 2005, o "balé dos retângulos azuis", que reestilizou a seleção de sigla através da projeção da mesma num retângulo, após a irradiação de vários "TV" e desse "balé" que descrevemos. Daí, certa crise de criatividade fez com que predominasse, até este ano, a "versão urbana" da seleção, desta vez convertendo os retângulos azuis em edifícios de uma cidade como São Paulo ou Rio de Janeiro. Ao que parece, a arte global se esqueceu das cidades menores, nas quais os prédios são bem pouco numerosos.

Desta vez, entretanto, a mudança foi um marco: agora são imagens da região metropolitana paulista - e, diga-se de passagem, não apenas os "monumentos e lugares turísticos", mas sim as condições urbanas menos favoráveis. E tudo isso incorporado ao "arquivo da TV", ao qual se integra, completamente, a sigla do estado, no caso o "SP". Assim como o telejornal está mais "personalizado" para a região, nada mais justo que a vinheta acompanhasse essa tendência.

A trilha sonora, entretanto, repete acordes da grande mudança de 1999 - e seu jingle "É o SPTV" de escalada. A batida da trilha reflete modernidade, e foi bem melhor trabalhada do que a anterior carioca, ainda vigente desde 2009 para o RJTV e que nem chegou a passar em São Paulo.

Pela Internet muitos estranharam tanto trilha quanto vinheta, mas ela reflete novas tendências, e chega em boa hora. Esperamos que as praças adotem o novo padrão, que haja uniformidade e proximidade com o público. A Globo, mais uma vez, mostra que sabe como bem lidar com um produto como o SPTV.

CLEBER OLYMPIO é paulistano, advogado pela PUC/Campinas, locutor noticiarista pelo SENAC/SP e aprecia vinhetas de telejornais desde os 11 anos de idade. É o criador da comunidade "Vinhetas de Telejornais" no orkut. Siga-me no Twitter

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Novo SPTV

A TV Globo de São Paulo estreou a nova identidade visual do SPTV na última segunda-feira, dia 27. As novas características deixaram claro o novo conceito de telejornalismo empregado pela Globo de 2009 que é de "simplificar" ao máximo tanto no conteúdo como na identidade.

Vamos lembrar como era: O SPTV tinha uma identidade visual mais "agressiva" em tons mais escuros e a trilha sonora mais "séria". Vejamos:



Com a nova proposta, a vinheta, grafismos ficaram mais "leves". Confira:



Vamos a opinião: Em relação aos novos grafismos: Gostei do tom mais claro para o SPTV. É o ideal para o "Primeira Edição". Combina com o meio dia. Mas, à noite, no "Segunda Edição", poderia ter um tom mais escuro, como antigamente. Já em relação a animação, nada de muito novo, sem surpresa ou novidade. A Globo está cada vez mais simplista. Em relação à trilha sonora, um retrocesso total. Usaram como base a (excelente e) atual trilha alternativa do RJTV. Mas usaram "chocalhos", ou algum equipamento que transmite um som muito confuso. Ficou confusa a nova trilha Além disso, perde todo o tom sério que um telejornal deveria ter. Agora é esperar se as outras praças seguirão a nova identidade da TV Globo.

Giorgio Rosso Guedin é é acadêmico de Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas - UFPel. É diretor e editor de SulBRTV, o maior blog sobre a televisão sul-brasileira, e colaborador da Vinhetas de Telejornais - o Blog!

sábado, 24 de setembro de 2011

Revelado o novo cenário do "Bom dia Brasil"

Foi revelado ontem, no site da Rede Globo, o novo cenário do matutino “Bom dia Brasil”. Criado pelo diretor de arte Alexandre Arrabal, o cenário ganhou nova bancada, novo espaço para entrevistas e um novo telão.

O cenário possui cores mais claras. O mapa do Brasil feito em madeira, permaneceu no cenário, mas agora com uma forma redonda, o que obviamente representa a forma do globo terrestre. Os outros ambientes do cenário só serão revelados na segunda-feira, dia em que Renato Machado passará oficialmente seu posto para Chico Pinheiro.

Veja abaixo um informe publicitário com a imagem do novo cenário:



______________________________________________

Ivo Pereira, 19 anos, brasiliense. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da Universidade Católica de Brasília.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Bom dia Brasil: primeiros sinais de mudança


Já são visíveis primeiros os sinais de reforma no estúdio do "Bom dia Brasil". O telejornal está sendo apresentado com poucos enquadramentos e não estão usando mais o ambiente de entrevistas. No fim deste mês, o telejornal aparecerá com um novo visual e com um novo apresentador: Chico Pinheiro.

______________________________

Ivo Pereira, brasiliense, 19 anos. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Jornal Nacional 42 anos


Hoje, o Jornal Nacional (Rede Globo), completa 42 anos no ar.

Criado em 1969, o telejornal atravessou décadas e se tornou o mais assistido em todo o Brasil. Conhecido por sua trilha (que não muda há mais de 20 anos), o "Jornal Nacional" já apresentou vários cenários e vinhetas que marcaram época. Desde 2000 o telejornal é apresentado diretamente da redação da Globo, no Rio de Janeiro.

Em 2009, na ocasião da comemoração de seus 40 anos, o "Jornal Nacional" ganhou um novo visual, mais moderno e ganhando tonalidades "quentes" nos detalhes.

Jornal Nacional, imagem e som de todo o Brasil.

____________________________________________

Ivo Pereira, 19 anos, brasiliense, estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.

sábado, 6 de agosto de 2011

Símbolos clássicos em vinhetas

Há algumas vinhetas que já viraram patrimônio da humanidade. A trilha sonora do Jornal Nacional é uma delas. Mas alguns símbolos também já viraram patrimônio da humanidade.

O logotipo do Esporte Espetacular é um deles. Três quartos de um circulo que representam a letra "E" faz do logotipo que, mostrado aleatóriamente, é de fácil identificação. A letra "H" do Jornal Hoje, com as modificações ao longo do tempo, também é de fácil identificação. As letras "JN" e "JR" também são de fácil perceber. Jornal Nacional e Jornal da Record.

O logotipo do Bom Dia Brasil também é fácil percepção sem necessidade de inserção de um nome.

As vinhetas atualmente não estão levando para o lado estético, a grande maioria opta apenas pela inserção do nome, sem acrescentarem um símbolo. Ou também utilizam o logotipo da emissora (que sempre passa por mudanças) quando utilizam o nome da emissora em programas, como o Globo Rural, Plantões de emissora, Jornal da Gazeta, etc.

Não só no ramo de telejornais, mas há alguns programas que permanecem, ao longo dos anos, com o mesmo logotipo passando apenas por pequenas modificações. É o caso do Casseta & Planeta, Domingo Legal, entre outros.

As emissoras poderiam criar logotipos para as suas atrações. É mais uma forma do público em geral se identificar com suas atrações. E no ramo jornalístico tal símbolo pode(rá) ser sinônimo de credibilidade, fundamental para a atração.


Giorgio Rosso Guedin é é acadêmico de Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas - UFPel. É diretor e editor de SulBRTV, o maior blog sobre a televisão sul-brasileira, e colaborador da Vinhetas de Telejornais - o Blog!

domingo, 3 de julho de 2011

Telejornalismo da Globo passará por mudanças


A alta cúpula da Globo já bateu o martelo. Em setembro acontecerão mudanças no telejornalismo da emissora.
Renato Machado sairá do “Bom dia Brasil” e será correspondente em Londres. Em seu lugar, entra Chico Pinheiro. Também acontecerão mudanças em São Paulo. Mariana Godoy deixa a bancada do “SPTV 1ª Edição” e dá lugar para César Tralli. Godoy irá para a Globo News.

Além das trocas de cadeiras, a direção da Globo também quer que seus telejornais fiquem cada vez mais populares. Os âncoras poderão comentar as notícias, algo que já é feito há algum tempo no “Jornal Hoje”, que, aliás, deve ganhar seu novo cenário prometido em abril deste ano, juntamente com o “Bom dia Brasil”.

_____________________

Ivo Pereira, 19 anos, brasiliense. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda na Universidade Católica de Brasília. Moderador da comunidade "Vinhetas de Telejornais", no Orkut.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Evolução do Terra e Mar

Não é a primeira vez que escrevo sobre a vinheta do programa (tido como de alta-cultura) da Tv Gazeta de Alagoas (afiliada Globo). Sua vinheta me agrada, e muito, por ser simples, empolgante e ter uma trilha ideal (embora o ideal seja apenas algo idealizado, não realizável), que é um pouco clichê, mas me agrada.
Com a chegada da TV Digital em Alagoas, aos poucos a afiliada da Globo no estado vem fazendo modificações. A primeira delas foi a criação de uma nova vinheta e agora a maior de todas: produção em HD e nova abertura para o Terra e Mar.

A antiga logomarca fugia do padrão visual da Rede Globo.


Agora o logomarca faz parte desse processo de cromatização visual.

Confira a antiga abertura:


Confira, em HD, como ficou o novo Terra e Mar:



Bruno Vanderley é acadêmico de Comunicação Social (habilitação em Jornalismo) da Universidade Federal de Alagoas - UFAL.

terça-feira, 31 de maio de 2011

Novo SBT Brasil

Você lembra da jornalista paraibana Rachel Sheherazade, aquela do polêmico comentário acerca do carnaval?


O SBT Brasil - criado pela emissora do Grupo Silvio Santos para Ana Paula Padrão - desde de sua estreia passa por mudanças - e mudanças grandes. Essas reformulações repentinas e constantes criam uma insegurança no telespectador e, consequentemente, uma dificuldade de identificação.
O telejornal, agora apresentado por Joseval Peixoto e Rachel Sheherazade, ganhou nova vinheta e trilha. Melhorou. A vinheta - bem estadunidense - encanta e é bem quente, atraindo a atenção do espectador, mas, ao mostrar panoramicamente o cenário, há uma descontinuidade, pois o cenário lembra o de alguns telejornais locais e não complementa a vinheta apresentada.

Confira o novo SBT BRASIL



Bruno Vanderley é acadêmico de Comunicação Social - habilitação em Jornalismo - da Universidade Federal de Alagoas.

domingo, 22 de maio de 2011

Nova vinheta do Campeonato Brasileiro (Globo)

Com o início de mais uma temporada do Campeonato Brasileiro, a Globo lançou uma nova vinheta para abrir suas transmissões. Uma vinheta simples, rápida e com um padrão gráfico parecido com o dos anos oitenta. Esta vinheta também lembra as introduções dos jogos de video game, da plataforma Super Nintendo. Além da Globo, a vinheta também será exibida pelo canal Sportv.







(Se fosse mesmo de video game, ficaria mais ou menos assim.)

___________________________

Ivo Pereira, 19 anos, brasiliense. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Novidades no "Bom dia Brasil" e "Jornal Hoje"


No início do mês, duas novidades foram anunciadas pela Globo, em um anúncio veiculado nos principais jornais impressos do país. O Jornal Hoje; que irá completar quarenta anos, e o Bom Dia Brasil, vão ganhar novos cenários.

O novo cenário do Bom dia Brasil ainda não tem previsão de estreia, mas o do Jornal Hoje deve estrear já na próxima semana, em virtude da comemoração de seu aniversário.
Provavelmente o “Jornal Hoje” continuará na redação, embora algumas pessoas achem que há grandes chances do telejornal voltar para um estúdio.

Junto com esse novo cenário, espera-se também um novo esquema visual e uma modificação na trilha de abertura.

Como sempre, mudanças nos telejornais globais geram muita expectativa. Todos nós esperamos que os diretores de arte inovem, mas que a qualidade gráfica que já é conhecida e elogiada Brasil afora seja mantida.

_______________________________________________

Ivo Pereira, 19 anos, brasiliense. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Moderador da comunidade "Vinhetas de Telejornais", no orkut, e colaborador do "Vinhetas de Telejornais - O Blog".
Link da comunidade no orkut: http://migre.me/4dZGR

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Primeiro aniversário do blog!

11 de Abril de 2011 - É dia do primeiro aniversário do “Vinhetas de Telejornais – O Blog”. Com o total apoio do meu amigo Cleber Olympio, e com a colaboração de Bruno Vanderley e de Giorgio Guedin, este projeto nasceu e decolou. Agradeço a todos eles. Doze meses e cinquenta e seis postagens. É o saldo super positivo do nosso blog.

Além de comemorarmos o aniversário do nosso blog, comemoramos primeiramente o aniversário da comunidade “Vinhetas de Telejornais”, no Orkut. Seis anos de sucesso, debates interessantes e de compartilhamento de opiniões!

Para finalizar, agradeço a você que lê este blog. Ele é feito para você.
É apenas o primeiro aniversário de muitos que virão por aí!

Obrigado!


____________________________

Ivo Pereira, 19 anos, brasiliense. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Moderador da comunidade "Vinhetas de Telejornais", no orkut, e colaborador do "Vinhetas de Telejornais - O Blog".
Link da comunidade no orkut: http://migre.me/4dZGR

sexta-feira, 25 de março de 2011

Quem é? - Hans Donner


Quem é? Hans Donner, designer.

De onde? Alemanha, morou na Áustria e naturalizou-se brasileiro.

Idade? 62 anos.

Onde trabalha? TV Globo.

Por que ele é reconhecido?
Porque trabalha há mais de trinta anos na TV Globo, sendo o responsável pela criação da logomarca da emissora e pelas aberturas de vários programas, jornalísticos e aberturas de novelas. Seus trabalhos são conhecidos em todo o mundo.

Algumas criações:







_______________________________________

Ivo Pereira, brasiliense, 19 anos. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda na Universidade Católica de Brasília.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Amadoras, mas com qualidade

O Youtube, nos últimos tempos, vem se tornando - para gosto de uns, tristeza de outros - um catálogo com vídeos de produção mais própria, diferenciada, ou até mesmo caseira. Com os programas de computador que temos hoje, cada vez mais há quem faça as vinhetas com qualidade e destaque, o que, a nosso ver, deveria atrair a atenção de quem busca "novos talentos" para artes visuais.

Destaco, aqui, a vinheta a seguir.



O usuário Carlos Marques fez uma releitura muito bem elaborada da atual abertura do Jornal Hoje, reestilizando o logo e colocando novos elementos visuais, diferentes daqueles usados na abertura original, produzida pela TV Globo. As cores podem ter sido as mesmas, naturalmente, mas a estilização do logotipo ficou muito bem feita, cuja aparência nada tem a ver com amadorismo.

Esperamos que o usuário possa disponibilizar a versão dessa abertura também sem o seu nome, para uma melhor comparação. Damos os parabéns a ele e a todos que refazem as aberturas atualmente no ar, dando uma pitada pessoal de bom gosto e paixão.

______________________

CLEBER OLYMPIO é paulistano, advogado pela PUC/Campinas, locutor noticiarista pelo SENAC/SP e aprecia vinhetas de telejornais desde os 11 anos de idade. É o criador da comunidade "Vinhetas de Telejornais" no orkut. Siga-me no Twitter

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Jornal da Globo (2005) - Ficha Técnica

Telejornal: Jornal da Globo

Tipo: Vinheta de Abertura

Ano: 2005- atualidade

Duração: 0:08

Desenvolvimento: Um feixe de luz que está presente em toda a escalada, atravessando cada imagem das notícias, dá início à vinheta. Esse feixe de luz cai em um painel e forma o logotipo do telejornal.

Cores predominantes: Roxo, lilás, azul-marinho.

Opinião: É dinâmica e bem criativa. As cores e trilhas são apropriadas para um telejornal noturno. Apesar disso, a vinheta precisa de uma renovação, já está há quase seis anos no ar.


Vídeo:



_______

Ivo Pereira, brasiliense, 19 anos. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Vinhetas de idas de intervalo do "JN"

Um telejornal que se preze, deve ter organização. E para não perder o foco, esta ordem das matérias deve ser passada continuamente. Além da escalada, elas são anunciadas também em cada final de bloco.

Hoje em dia, nas idas de intervalo do "Jornal Nacional", há uma inserção no vídeo de imagens da principal matéria a ser exibida no bloco seguinte. E estas imagens possuem legendas, que definem determinada matéria. Outro recurso utilizado pelo telejornal, é uma vinheta de passagem comum, mas com o link de seu site. Mas nem sempre foi assim.

Nas décadas de oitenta e noventa, eram exibidos indicadores com valores da economia do dia. Valores da assombrosa inflação alta, de alta e baixa de moedas, de bolsas internacionais ou de ações. De certa forma, era uma maneira de se ganhar mais tempo para o telejornal, já que são informações visuais e que ocupavam um espaço que de qualquer forma teria que ser usado.

Abaixo, algumas idas de intervalo do “JN”, de diferentes épocas:

1991



1996


1999


2009





Vinhetas de idas de intervalo são espaços para a necessidade e a criatividade de um telejornal. É um recurso que pode ser bem explorado e trazer bons resultados.

___________

Ivo Pereira, 19 anos, brasiliense. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

O "novo" Jornal do Almoço

Há quase dois meses está no ar o novo formato do Jornal do Almoço no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A vinheta (vídeo) do Jornal do Almoço não há nada de muito diferente, algo novo. Lembra, de certa forma, a abertura da novela das sete, Ti-ti-ti, com aquelas "serpentes" andando pelo vídeo. Um acerto, em relação à vinheta anterior, é a volta de cores mais claras, como o laranja e o amarelo, em vez do medonho azul. Aí está a grande incógnita. Fizeram uma trilha, com base gaúcha, para ambos os estados - o que resultou em várias reclamações por parte dos catarinenses. A trilha, mais suave em relação à anterior, é muito boa. Pelo que se percebe, a trilha agradou ao público em geral, mas poderiam fazer uma versão sem a gaita para o Jornal do Almoço catarinense. A trilha tem dois minutos e em breve estará completa no canal de SulBRTV no YouTube. Em Porto Alegre, para a escalada, já há uma nova variação desta vinheta (que estragou a trilha padrão. No cenário, mesclado de novidade e de padronização em relação ao RJTV, da TV Globo, o cenário foi a melhor novidade na mudança do Jornal do Almoço. Mas poderia haver uma padronização maior. Pelo menos, nas praças regionais: Joinville, Blumenau e Caxias do Sul tem dois telões de LED, enquanto as outras praças estão com apenas um telão. Era necessário existir esse padrão. Vale lembrar que o novo cenário lembra, de longe, o cenário do Jornal do Almoço de 1993-1996. Combina com a cara do Jornal. Vale lembrar, para as praças regionais, a alteração do mesmo cenário para o RBS Notícias (sai as fotos de pontos turísticos e entra um fundo azul e com contorno destacado para o estado) foi uma boa estratégia, já que em Florianópolis e Porto Alegre, o jornal é apresentado direto da redação.

Em breve, Giorgio Rosso Guedin fará uma análise completa do novo Jornal do Almoço em SulBRTV.

Giorgio Rosso Guedin é natural de Criciúma onde viveu até os 16 anos na cidade e onde atualmente passa as férias. Morou em Florianópolis dos 17 aos 19 anos. Atualmente, aos 20 anos, é acadêmico de Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas - UFPel. Vive atualmente em Pelotas, mas sempre que tiver oportunidade, passa por Porto Alegre e Florianópolis. Apaixonado pelas mídias eletrônicas e convencionais. É diretor e editor de SulBRTV, o maior blog sobre a televisão sul-brasileira e colaborador da Vinhetas de Telejornais - o Blog!

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

JN especial

Sou mais um que defende que o Jornal Nacional tem que mudar, tem que se modernizar. O maior telejornal do Brasil vem sendo reescrito constantemente, mas seu padrão visual arcaico (globo terrestre que gira não é o bastante), nos dá impressão que pouco foi pensado sobre o assunto.
Já cheguei a defender o uso diário da trilha especial:

Hoje percebo que apenas uma mudança sonora não surtirá o efeito desejado e que essa vinheta pesada deve ser usada com moderação.

Ainda acredito que uma trilha sonora orquestrada e moderna, que englobe cenário, escalada e vinheta é a solução.

Bruno Vanderley é acadêmico de C.SOCIAL - Jornalismo - da Universidade Federal de Alagoas.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Terra e Mar

Quem disse que efeitos e criações computadorizadas fazem uma bela vinheta? É possível fazer uma abertura interessante - e bonita - com a aglutinação de três importantes pontos: belas imagens, boa edição e escolha de trilha adequada.
O programa que substitui o Estrelas (de Angélica) na TV Gazeta de Alagoas (afiliada Globo) é o Terra e Mar. Sua abertura tem vinte e cinco segundos - e nunca mudou desde sua estreia - que servem perfeitamente para introduzir o telespectador no ritmo do jornalístico, que valoriza o patrimônio cultural, ambiental e arquitetônico de Alagoas.
Confira: