terça-feira, 12 de maio de 2015

Regressar não é regredir

Muito pelo contrário. Voltar às origens é dar valor ao passado, é reconhecer que algo foi bom. E quantas histórias boas narramos aqui, vivenciamos o tempo, celebramos a arte. Vimos as coisas mudarem.

Muita coisa mudou desde a última postagem até hoje. Este texto, inclusive, estou escrevendo em um smartphone. Se comunicar ficou mais fácil, ainda mais. Mais instantâneo.

A televisão, enfim deslancha a sua mudança digital. O Brasil se adapta. As vinhetas mudaram, para melhor, vimos quebras de paradigmas, permanência das mesmas identidades. Vimos muita mudança.

Esta publicação foi feita apenas para matar a saudade, para registrar que eu ainda estou vivo, e mais velho. Se virão outras? Talvez sim, talvez não.

Ivo Pereira, 23 anos, brasiliense, publicitário e instrutor de inglês e espanhol.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Nova logomarca da Rede Record será lançada neste fim de semana


A nova logomarca da Rede Record será lançada no próximo domingo, 26/2, dentro do programa "Domingo Espetacular".

A princípio, a estreia da nova identidade visual da emissora da Barra Funda iria acontecer somente no meio do ano.

A logomarca vazou no ano passado, quando internautas a descobriram em um site de registros. Consultada, a emissora disse na época que estava fazendo apenas "um estudo de marca".

A emissora também prepara uma nova cara para a Record News.

___________________________________________

Ivo Pereira, 20 anos, brasiliense. Acadêmico de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda na Universidade Católica de Brasília.

sábado, 29 de outubro de 2011

Novas amadoras

Realmente a questão da criatividade é algo significativo hoje em dia. Com o acesso mais democrático a novas tecnologias, o pessoal que faz vinhetas, seja para vender um trabalho, seja por pura diversão, está realmente "arrebentando".

Por ora, duas da mesma agência, a SP Zoom:





A primeira, uma reprodução bastante fiel da vinheta dos telejornais da BBC News. A segunda, a conhecidíssima abertura do nosso Jornal Nacional, com reprodução do globo terrestre, mesa, fundo e tudo o mais. Dá a real impressão de que a pessoa vê tudo como se estivesse na grua de filmagem.

Parabéns aos idealizadores e executores dessas vinhetas. Eles mostram que qualidade também existe fora da "telinha".

______________________

CLEBER OLYMPIO é paulistano, advogado pela PUC/Campinas, locutor noticiarista pelo SENAC/SP e aprecia vinhetas de telejornais desde os 11 anos de idade. É o criador da comunidade "Vinhetas de Telejornais" no orkut. Siga-me no Twitter

sábado, 8 de outubro de 2011

Impressões sobre o novo SPTV

A Rede Globo já demonstrou que gosta de inovar, de fazer pesquisas com seu público-alvo para saber que fórmulas de programação podem ter resultado em números de audiência. Essas transformações já têm longa data, especialmente quando a emissora decidiu renovar e modernizar seus telejornais locais. E com essas mudanças, altera-se a roupagem do telejornal.

Há questão de algumas semanas um novo formato foi testado. Houve uma troca entre praças: o "glass studio", tendência de mais de década em telejornais estadunidenses como o NBC Today, foi finalmente incorporado ao padrão do Rio de Janeiro; a praça carioca, por sua vez, testou o formato mais informal, conversado, com diversos especialistas, e isso foi aproveitado na nova edição do SPTV. A praça paulista, agora, traz nova programação visual, que pode ser o novo padrão dos telejornais locais da Globo.

O logotipo foi redesenhado: não possui mais uma aparência de cubo, mas sim um espaço maior para a sigla da unidade de federação - ou para nomes esquisitos, como "Paraná" ou "Diário" por extenso, que fogem ao padrão de siglas. As cores também mudaram: sai o azul, entra o verde-água. A sigla "SP" se replica várias vezes ao fundo da tela sobre o qual é projetado, todas elas paralelas aos tracejados de "arquivo" que formam o "TV" do logo. Agora, esse não é o grande destaque da vinheta: a concepção visual merece boas referências.

Na tentativa de padronizar a vinheta dos telejornais locais, a Globo seguiu uma tendência desde 1983 até 1996: a "seleção" de um estado, dentre várias opções. Logo após, por um breve espaço de tempo, as "luzes da cidade" projetavam a sigla do estado na tela. De 1998 a 1999 a seleção de sigla retornou, até que veio a sensacional vinheta de 1999 a 2005, o "balé dos retângulos azuis", que reestilizou a seleção de sigla através da projeção da mesma num retângulo, após a irradiação de vários "TV" e desse "balé" que descrevemos. Daí, certa crise de criatividade fez com que predominasse, até este ano, a "versão urbana" da seleção, desta vez convertendo os retângulos azuis em edifícios de uma cidade como São Paulo ou Rio de Janeiro. Ao que parece, a arte global se esqueceu das cidades menores, nas quais os prédios são bem pouco numerosos.

Desta vez, entretanto, a mudança foi um marco: agora são imagens da região metropolitana paulista - e, diga-se de passagem, não apenas os "monumentos e lugares turísticos", mas sim as condições urbanas menos favoráveis. E tudo isso incorporado ao "arquivo da TV", ao qual se integra, completamente, a sigla do estado, no caso o "SP". Assim como o telejornal está mais "personalizado" para a região, nada mais justo que a vinheta acompanhasse essa tendência.

A trilha sonora, entretanto, repete acordes da grande mudança de 1999 - e seu jingle "É o SPTV" de escalada. A batida da trilha reflete modernidade, e foi bem melhor trabalhada do que a anterior carioca, ainda vigente desde 2009 para o RJTV e que nem chegou a passar em São Paulo.

Pela Internet muitos estranharam tanto trilha quanto vinheta, mas ela reflete novas tendências, e chega em boa hora. Esperamos que as praças adotem o novo padrão, que haja uniformidade e proximidade com o público. A Globo, mais uma vez, mostra que sabe como bem lidar com um produto como o SPTV.

CLEBER OLYMPIO é paulistano, advogado pela PUC/Campinas, locutor noticiarista pelo SENAC/SP e aprecia vinhetas de telejornais desde os 11 anos de idade. É o criador da comunidade "Vinhetas de Telejornais" no orkut. Siga-me no Twitter

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Novo SPTV

A TV Globo de São Paulo estreou a nova identidade visual do SPTV na última segunda-feira, dia 27. As novas características deixaram claro o novo conceito de telejornalismo empregado pela Globo de 2009 que é de "simplificar" ao máximo tanto no conteúdo como na identidade.

Vamos lembrar como era: O SPTV tinha uma identidade visual mais "agressiva" em tons mais escuros e a trilha sonora mais "séria". Vejamos:



Com a nova proposta, a vinheta, grafismos ficaram mais "leves". Confira:



Vamos a opinião: Em relação aos novos grafismos: Gostei do tom mais claro para o SPTV. É o ideal para o "Primeira Edição". Combina com o meio dia. Mas, à noite, no "Segunda Edição", poderia ter um tom mais escuro, como antigamente. Já em relação a animação, nada de muito novo, sem surpresa ou novidade. A Globo está cada vez mais simplista. Em relação à trilha sonora, um retrocesso total. Usaram como base a (excelente e) atual trilha alternativa do RJTV. Mas usaram "chocalhos", ou algum equipamento que transmite um som muito confuso. Ficou confusa a nova trilha Além disso, perde todo o tom sério que um telejornal deveria ter. Agora é esperar se as outras praças seguirão a nova identidade da TV Globo.

Giorgio Rosso Guedin é é acadêmico de Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas - UFPel. É diretor e editor de SulBRTV, o maior blog sobre a televisão sul-brasileira, e colaborador da Vinhetas de Telejornais - o Blog!

sábado, 24 de setembro de 2011

Revelado o novo cenário do "Bom dia Brasil"

Foi revelado ontem, no site da Rede Globo, o novo cenário do matutino “Bom dia Brasil”. Criado pelo diretor de arte Alexandre Arrabal, o cenário ganhou nova bancada, novo espaço para entrevistas e um novo telão.

O cenário possui cores mais claras. O mapa do Brasil feito em madeira, permaneceu no cenário, mas agora com uma forma redonda, o que obviamente representa a forma do globo terrestre. Os outros ambientes do cenário só serão revelados na segunda-feira, dia em que Renato Machado passará oficialmente seu posto para Chico Pinheiro.

Veja abaixo um informe publicitário com a imagem do novo cenário:



______________________________________________

Ivo Pereira, 19 anos, brasiliense. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da Universidade Católica de Brasília.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Bom dia Brasil: primeiros sinais de mudança


Já são visíveis primeiros os sinais de reforma no estúdio do "Bom dia Brasil". O telejornal está sendo apresentado com poucos enquadramentos e não estão usando mais o ambiente de entrevistas. No fim deste mês, o telejornal aparecerá com um novo visual e com um novo apresentador: Chico Pinheiro.

______________________________

Ivo Pereira, brasiliense, 19 anos. Estudante de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda.